quinta-feira, 19 de maio de 2016

Parábolas & Cinema #6: Resenha de X-Men Apocalipse. SEM Spoilers

 
     Bom dia nobres amigos do Parábolas Geek! Ontem nossa equipe acompanhou a Pré-estreia do mais recente filme dos X-Men de Bryan Singer que encerra a segunda trilogia dos mutantes no cinema. Gostaríamos de trazer algumas informações sobre o longa e, como sempre, os nossos famosos princípios que podemos aplicar em nossas vidas, que são marcas registradas de nosso trabalho na web.

1 - Impressões Gerais
     Nossa primeira impressão ao sair da sala de cinema, foi que este é um filme que tenta corrigir certos erros na cronologia dos mutantes, aproximando um pouco mais dos quadrinhos. Vemos uma preponderância mercadológica na aparição da Mística que quase não assume sua forma mutante, permanecendo com sua forma humana como a Jennifer Lawrence (É necessário explorar a atriz do momento em Hollywood). Mutantes que se destacam no longa em nossa opinião: Mercúrio, Noturno e Sansa Stark... ops Jean Grey(!), pois os novos cavaleiros de Apocalipse foram introduzidos à saga sem muita profundidade nem tempo para abordar Psylocke, Tempestade ou Anjo.

     Não temos muito Fan Service no filme, pois as origens dos personagens não seguem a tradição dos quadrinhos. Algumas cenas funcionam muito bem como por exemplo a participação de Wolverine na trama, adiantada no último trailer do longa. Talvez se esta participação não tivesse sido anunciada a surpresa durante o filme seria mais empolgante, só uma opinião. As cenas com Mercúrio são geniais pois pela primeira vez vemos o poder de um velocista partindo ponto de vista do personagem e não vendo sua rapidez "do lado de fora" por assim dizer. 

      A Origem de En Sabah Nur também não corresponde ao que vemos nas HQ's, mas acaba funcionando. Percebi a dificuldade em tentar atender ao grande público que não conhece o contexto dos personagens e acompanha apenas o filme e, ao mesmo tempo agradar os fãs fiéis de X-Men. De maneira geral o filme funciona e encerra bem o segundo ciclo dos mutantes no cinema, onde o fracasso do terceiro filme da primeira trilogia é abordado durante um comentário em que Jean Grey diz:" - O terceiro filme é sempre o pior da trilogia..." Uma piada interna sutil que mostra que é preciso aprender a rir um pouco de nossas falhas e não nos cobrar em demasia de nossos erros, mas seguir em frente e fazer o melhor que pudermos no futuro!

2 - Princípios SEM Spoilers

     Em nossa busca incessante por uma moral nas coisas onde normalmente não a veríamos, podemos sugerir alguns princípios que entendemos dentro da trama de X-Men Apocalipse.

Princípio 1 - Em momentos de crise nosso caráter é colocado à prova.

     Diante da iminência da extinção da humanidade, os mutantes escolhem o lado em que desejam lutar. Embora a justificativa seja plausível para lutar com ou contra Apocalipse, o que floresce no coração de cada um é o caráter provado pela tragédia. Durante esta batalha, eles terão que entender qual é o elemento mais relevante: vingança ou redenção. A Fé na sobrevivência do mais forte ou de que existe bondade em cada ser humano ou mutante que possa gerar altruísmo em um mundo pautado pelo ódio e pela discriminação.

O mensageiro ímpio cai em dificuldade, mas o enviado digno de confiança traz a cura. Provérbios 13:17

Se você vacila no dia da dificuldade, como será limitada a sua força! Provérbios 24:10


Princípio 2 - O mal é solitário por natureza. 

     Um ser com tamanho poder como Apocalipse estará destinado a caminhar solitário sobre a terra. Ao contrário a bondade é contagiante e conecta pessoas em prol de um bem maior. Todos nós precisamos de um senso urgente de propósito para nossas vidas pois com ele podemos nos sentir parte de algo maior que nós mesmos. O Reino de Deus tem esta capacidade de conectar pessoas para seu treinamento espiritual e é fundamental para uma vida com propósito.

Se um cair, o amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas pobre do homem que cai e não tem quem o ajude a levantar-se! Eclesiastes 4:10

O desejo dos justos resulta em bem; a esperança dos ímpios, em ira. Provérbios 11:23


     Temos mais princípios que podem ser inseridos, mas entraríamos no campo de elementos que comprometeriam sua experiência no cinema. Vamos escrever outro texto com Spoilers para aqueles que quiserem acompanhar esta experiência.

     O filme vale a pena para iniciados e não iniciados no universo X-Men. Aproveitamos para indicar a experiência de uma Sala XD a qual experimentamos no Cinemark em Curitiba. As poltronas com movimento dão uma nova dimensão à experiência e valem o ingresso mais caro.

Grande abraço a todos e em breve estaremos nas próximas pré-estreias dos filmes aguardados de 2016!


Pastor Eduardo Medeiros


    



Nenhum comentário:

Postar um comentário