terça-feira, 23 de agosto de 2016

Parábolas & Séries #11 - Os Defensores: Elektra




     Elektra Natchios é a filha de um diplomata grego nos EUA. Ela foi o primeiro romance de Matt Murdock durante a juventude. 

      Um ataque de nacionalistas gregos em uma faculdade culmina com a morte do pai de Elektra. Destruída pela dor da perda, ela deixa seu amor por Matt e retorna à Grécia. Os dois se reencontrariam anos mais tarde, ele como Demolidor, ela como a ninja assassina Elektra. Será contratada pelo Rei do Crime, Wilson Fisk como mercenária e assassina particular, 




até entrar em disputa com o antigo dono do “trabalho”, o Mercenário no qual acaba morrendo. Será ressuscitada por Stick e pelo grupo dos Virtuosos.


        Esta personagem é muito emblemática, pois sua correspondente na mitologia grega, Electra, apresenta o mesmo desejo de vingança pela morte do pai. Este sentimento a leva a ir até as últimas consequências para que seu objetivo seja concretizado. E este é o ponto chave para nossa conversa de hoje.



       O desejo de fazer justiça com as próprias mãos está muito presente em nosso interior. A sensação de impotência diante de injustiças, a falta de perspectiva de um horizonte melhor podem nos levar a tentar resolver as coisas do nosso jeito sem consultar a Deus. Abraão tentou fazer isso através do projeto Ismael, com consequências desastrosas para ele.

        Mesmo quando tudo nos levar a pensar que nada vai acontecer para trazer justiça, precisamos lembrar que Deus é o Juiz que julga de maneira justa nossas causas. Mesmo que você não veja a planta germinando, algo está acontecendo sob a terra em seu favor. Não tente fazer o que todos fazem, dobre seus joelhos e coloque suas questões diante do Criador do Universo que pode resolver seu problema de maneira definitiva!

Referências Bíblicas

Vocês julgam por padrões humanos; eu não julgo ninguém. João 8:15

Justo és, Senhor, e retas são as tuas ordenanças. Salmos 119:137

No meio dela está o Senhor, que é justo e jamais comete injustiça. A cada manhã ele ministra a sua justiça, e a cada novo dia ele não falha, mas o injusto não se envergonha da sua injustiça. Sofonias 3:5

Pastor Eduardo Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário