sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Parábolas & HQ's #40: O Pinguim



Oswald Chesterfield Cobblepot é um inimigo clássico do Homem-Morcego. Não possui habilidades físicas para derrotar o Batman, por isso usa de inteligência e estratégia para subir na estrutura criminosa de Gotham.


     Sua infância foi bastante difícil onde sofreu com o bullying de outras crianças que começaram a chama-lo de Pinguim, nome que levou para a vida criminosa. Enquanto jovem solitário encontrou nas aves suas amigas, se afastando cada vez mais da sociedade que construiu através dos traumas aquilo que Coblepot viria a se tornar. O Pinguim é um mafioso que abastece as necessidades (pelo preço certo) dos outros vilões de Gotham.




    Para este bate-papo de hoje, gostaria de tratar a respeito dos problemas de infância que resultaram na personalidade do Pinguim. Todos nós estamos ao mesmo tempo dos dois lados desta tênue linha que separa aqueles que ofendem dos ofendidos. Nossas palavras tem o poder de trazer cura e restauração para almas aflitas ou podem ferir, destruir e arruinar pessoas. Quantas pessoas caminham carregando o peso de um passado onde foram feridas por palavras de pessoas, em especial daquelas que amam? O Senhor pagou o preço por todas as nossas enfermidades, tanto físicas quanto emocionais, porém nem todos estão dispostos a entregar o rancor e a mágoa e distribuir uma das forças mais poderosas de todo o universo: o PERDÃO. 

     Sejamos sábios em nosso falar, rápidos em perdoar nossos ofensores, e que nossas palavras venham a edificar e construir pontes entre as pessoas e nosso Deus. Para tanto, devemos refletir se o que temos falado pode ser aproveitado, ou são apenas bobagens que podem trazer sofrimento para aqueles que nos ouvem.Em tempos de redes sociais, pense bem se sua opinião é necessária e não esqueça de que seu ponto de vista pode estar afetando alguém que discorda de você. Opiniões podemos mudar, pois são apenas opiniões, princípios devemos lutar para manter pois são princípios.

   Faça escolhas diárias de abençoar alguém com suas palavras e atitudes e seja responsável por transformar vidas em um mundo onde existem padrões que quase ninguém pode alcançar. 

Referências Bíblicas:

Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores. Mateus 6:12

Jesus disse: "Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo". Então eles dividiram as roupas dele, tirando sortes. Lucas 23:34

O falar amável é árvore de vida, mas o falar enganoso esmaga o espírito. Provérbios 15:4

A língua tem poder sobre a vida e sobre a morte; os que gostam de usá-la comerão do seu fruto. Provérbios 18:21


Pastor Eduardo Medeiros


Nenhum comentário:

Postar um comentário